frame.png

 

                      Os MITHOS

           e a população mundial

 

 

              Existem pouquíssimos Mithos em relação a população humana. Já houve uma época, logo no início do evento que intitulei como “A Aurora dos Mithos”, em 5917, quando o primeiro Mitho despertou. Devo salientar que essa data se refere ao primeiro Mitho reconhecido e relatado, mas possivelmente muitos despertaram antes, embora eu não possua nenhum relato. De qualquer forma, o surgimento destes foi exponencial.

Até cerca de 6100, creio que o número aumentava em uma taxa de um por semana, chegando a atingir a faixa de um Mitho para cada cem humanos. Isto pode parecer muito, considerando que no auge do governo JON a Terra chegou aos 27.2 bilhões de habitantes, pois muitos lugares inóspitos se tornaram habitáveis graças à tecnologia Xytaryk, com novos continentes sendo criados inclusive, mesmo com um sistema de controle de natalidade aplicado. Leva-se em conta também que com as vacinas e correção genética a estimativa de vida populacional subiu para 110 a 120 anos. E quanto às tecnologias: com os carros “inteligentes” não havia mais acidentes de trânsito, e o sistema de escaneamento de retina reduziu a criminalidade a índices nunca antes vistos.

              Mas todos esses números e estatísticas citados não condizem nada com os atuais, tendo em vista a grande guerra e o ataque “final” da JON. Hoje, em 6271, a população (de acordo como meu último “senso” em 6270) é de 40 milhões de habitantes. A margem de erro pode sugerir 40.5 a 42, considerando algumas ilhas inacessíveis, rodeadas de recifes de corais ou rochedos, que podem possivelmente abrigar uma grande quantidade de habitantes.

            Analisando este dado – um para mil – em relação a 40 milhões nos daria 40.000 Mithos. Porém, no auge dos Mithos, como disse, a população ainda não havia chegado nos 40 milhões, e posteriormente o surgimento dos Mithos não seguiu o mesmo ritmo. Ainda assim, caso fossem 40.000, seria relativamente pouco, considerando que o projeto M.I.T.H.O. ao longo de mais cem anos utilizou meio milhão de cobaias.

            Entretanto, de 6100 até 6270, o ritmo diminuiu cada vez mais. Eu estimo que no último ano tivemos uma média de míseros 4 à 6 Mithos despertados. Muitas câmaras acabam parando de funcionar e não abrindo, matando o Mitho incubado, abrindo em alto-mar, ou mesmo se perdendo nas profundezas. Além disso, em termos de longevidade, eles naturalmente tentam, alguns com êxito, escravizar e dominar cidades ou tornam-se heróis, caçando e combatendo estes primeiros, o que de qualquer forma acaba resultando na morte de um dos participantes ou de ambos de uma forma ou de outra.

                             Tendo em vista todas estas considerações e os dados atuais,

                             eu estimo que haja menos de 6.000 Mithos despertos atualmente.